Entenda as melhores formas de posicionar a sua marca nas revistas, que não vão desaparecer tão cedo

Desde a ampliação da acessibilidade a internet e frente aos desenvolvimentos tecnológicos, muitas pessoas têm questionado se anúncios em revistas ainda valem a pena.

De fato, caminhamos a passos largos rumo à digitalização, e o marketing da sua empresa não pode, de forma alguma, deixar isso de lado. Por outro lado, é importante entender que nem só de pixels, conexões Wi-Fi e algoritmos é feita uma boa estratégia de comunicação e marketing.

Publicidade em revista tem seu peso

Uma pesquisa feita pela consultoria Marketing Sherpa com internautas americanos surpreendeu o mundo do marketing, veja no gráfico:

De acordo com o levantamento, 82% dos entrevistados, com mais de 18 anos, se baseiam em anúncios publicados em jornais e revistas na hora do consumo. Em segundo lugar, aparece a TV (80%), seguida de catálogo impresso (76%) e rádio (71%). Já os canais de internet — como posts pagos em blogs, campanhas em redes sociais e banners — estão entre os meios de menor confiança para o consumidor.

A publicidade impressa, a da revista e a da TV estão nas primeiras posições porque existem há mais tempo. E isso traz confiança e credibilidade na hora de o consumidor fazer sua escolha. A internet existe a bastante tempo, porém ainda não transmite tanta credibilidade e solidez na hora da comprar.

Aí está um pretexto e tanto para continuar inserindo as publicações em revista no seu planejamento. Mas, não é somente esse o benefício que ela nos apresenta.

Ao anunciar em uma revista criam-se benefícios emocionais para uma marca, a propaganda ajuda a construir lealdade a esta.

Consumidores leais são menos sensíveis a preços, crises econômicas e a propagandas dos concorrentes.

Principais vantagens da revista

Portanto, anúncios em revistas ainda são ótimas ferramentas para a reputação e para os negócios das empresas, veja algumas vantagens:

  • é palpável, atende ao perfil de cliente cinestésico, que gosta de manusear o material de leitura;
  • tem um grande valor documental;
  • transmite mais confiança, credibilidade e solidez;
  • revistas totalmente segmentadas para todos os tipos de público;
  • favorece a lembrança de marca, pois é algo que ele pode guardar ou mesmo deixar acessível nos ambientes em que frequenta;
  • possibilidade de aprofundamento do conteúdo do anúncio;
  • associação às marcas dos veículos, o que garante respaldo e credibilidade;
  • contato direto com formadores de opinião do seu setor econômico.

Os melhores formatos para anúncio em revista

Como os demais canais de comunicação como a TV e a própria internet, o grande contratempo da publicidade em revista é despertar a atenção do consumidor, conseguir seu engajamento e, consequentemente, gerar retorno para seus negócios.

Assim, é fundamental investir nos formatos mais estratégicos, considerando o intuito, a circulação e as particularidades específica das revistas. Entre os principais, podemos destacar:

  • Anúncios de página inteira — tanto em jornais quanto em revistas e, de preferência, do lado direito;
  • Anúncios de meia página — também para jornais e revistas, contudo, nesse caso, geram mais visualizações estando do lado esquerdo da mídia;
  • Veiculações coloridas e, de preferência, do lado direito;
  • Folder de capa
  • Impressos especiais;
  • Espaços diversos em revistas setoriais;
  • Anúncios pop-up, que ultrapassam o tamanho da revista;
  • Uso de outros canais sensoriais, por exemplo, com texturas e cheiros.

Conclusão

Fica claro que os anúncios impressos valem a pena, pois é onde você pode ter um retorno de investimento e gerar valor a sua marca. Então lembre-se, criar uma ótima estratégia de marketing impresso é essencial para o mercado.

Fonte da matéría