Porsche anuncia aquisição de nova fábrica de e-bikes e prepara expansão no segmento

Depois de anunciar bicicletas com o preço de motos, a Porsche acaba de anunciar a expansão da atuação no setor de e-bikes com a aquisição de 80% das ações da startup croata.

A empresa, que surgiu como braço da fabricante de carros elétricos Rimac, teve 10% de suas ações adquiridas em 2018, quando a fabricante alemã investiu em ambas as companhias. No começo deste ano, a fatia subiu para 25% da companhia original, cujos desenvolvimentos estariam ligados às manufaturas de eletromobilidade da Porsche.

A transação de 2021 concedia à Porsche “direitos de primeira recusa” que, na prática, levaram a esta expansão para se tornar a controladora majoritária da Greyp Bikes. Os fundadores da Rimac e da startup de e-bikes permanecem no quadro societário com o restante das ações.

Na prática, as novas instalações da fabricante de bicicletas elétricas serão utilizadas para a ampliação da produção da montadora alemã, que recentemente se introduziu no segmento. A aquisição será finalizada em dezembro de 2021.

Greyp Divulgação

E-bikes da Greyp alcançam até 80 km/h

Considerada uma linha premium de e-bikes, os produtos da empresa croata se alinham com os objetivos da Porsche, que é de vender bicicletas elétricas topo de linha.

A Greyp Bikes conseguiu sua fatia de mercado com o modelo G12, com e velocidade máxima de quase 80 km/h — o que, na prática, coloca outras magrelas e até algumas scooters para comer poeira. Posteriormente, foi a vez dos modelos G5 e G6, com corpo em fibra de carbono e suspensão totalmente elétrica. O material é o mesmo presente nos modelos da montadora alemã.

No momento, a Porsche ainda não possui anúncios de projetos de e-bikes ligados à nova aquisição, que devem aparecer posteriormente, a partir de 2022.

Por Gabriel D. Lourenço – olhardigital.com.br