1 – Limpe sua bike regularmente. Limpe o quadro. Limpe a corrente com uma estopa, remova o lubrificante velho e lubrifique-a novamente. Não é demorado.

2 –Quando lavar sua bike, use detergente neutro ou limpadores de carro. Eles possuem menos sal, ácidos e detergentes.

3 – Você não entende de mecânica de bicicletas? ENTÃO NÃO MECHA NA SUA BICICLETA! Em alguns ajustes e operações, você pode acabar causando mais estrago ainda. É incrível a quantidade de peças e quadros que quebram devido a alguma manutenção caseira.

4 – Não aperte demais canotes de selim de carbono, quadros de carbono – nada que seja de carbono, essas peças podem quebrar, e pior ainda, podem trincar o quadro.

5 – Se você gera muito suor pedalando, há uma chance maior de que seu quadro e cabos serem afetados. Se você suar muito mesmo, o recomendável é que você limpe sua bicicleta depois de cada pedalada.

6 – Calibre seus pneus pelo menos uma vez por semana.

7 – Correntes se desgastam, e usualmente precisam ser trocadas. Isso varia muito conforme o uso que se faz dela e estilo de pedal do ciclista, então verifique a corrente com seu mecânico periodicamente.

8 – Se você está pedalando com clima ruim ou úmido, sua bike precisa de mais atenção, já que a chuva pode se misturar com a sujeira e ter um efeito abrasivo nas pastilhas e nos discos. Se você pedalou na chuva, passe uma água nela para remover sujeiras e depois lubrifique-a bem.

9 – Quando eu digo lubrificante, é importante cuidar para não exagerar.

10 – Sempre que estiver em dúvida, é melhor contatar seu mecânico e não fazer nada sozinho. A garantia das bikes costuma ser válida apenas em certas situações. É muito melhor estar garantido do que arrependido.