Bicicleta se consolida como solução para a mobilidade pós-pandemia

A Dinamarca é o mais novo país a assinar a carta ciclística de Benelux, um compromisso europeu pela promoção da mobilidade em bicicleta. Os primeiros países signatários foram justamente Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo, os que formam a sigla Benelux.

A Dinamarca junta-se à Declaração da Bicicleta do Benelux com outras nações que provavelmente a seguirão – Foto Divulgação

O documento é uma carta de intenções conjunta que busca promover a bicicleta nos planos continentais, nacionais e locais. As sugestões começam pela inclusão da bicicleta nos planos de recuperação econômica do pós-pandemia e no “Green Deal” europeu. A carta traz ainda o pedido por mais investimentos e planejamento para garantir infraestrutura cicloviária por todo o continente, indo das cidades até conexões internacionais.

Dentre os destaques no âmbito da Comissão Europeia, chama atenção a sugestão para que os países europeus possam reduzir o VAT (imposto equivalente ao ICMS brasileiro) das bicicletas elétricas. Ainda na esfera continental, está posta a oportunidade de buscar rever a legislação sobre financiamento da rede transeuropeia de transportes para incluir a bicicleta. Além de conectar a Europa por trilhos e estradas, é importante garantir dinheiro para investir na expansão da conectividade internacional de ciclovias.

© Mobele

Mesmo que seja apenas uma carta de intenções, o documento certamente irá incentivar ainda mais nações a investirem na bicicleta.

Leia mais sobre a carta ciclística de Benelux: http://bit.ly/CartaBenelux

Essa notícia você lê primeiro na Bicicleta News, um resumo exclusivo com as principais notícias do mundo da bicicleta direto no seu celular. Para assinar, basta mandar uma mensagem para a Aliança Bike no +55 (11) 97114-0140

Link para mandar mensagem direto: http://bit.ly/Receba-Bicicleta-News

Parceria Revista Bicicleta / Aliança Bike