A Noruega atinge quase 100% de carros eletrificados

A Noruega é um caso de sucesso no que à adoção de carros elétricos diz respeito. Exemplo disso é o mês de novembro que, na tendência crescente que o país tem registado, representou 94,9% de carros eletrificados.

Dessa poderosa percentagem, 73,8% correspondem a carros 100% elétricos.

© Divulgação

As políticas que a Noruega tem vindo a implementar ao longo dos anos têm dado frutos. Afinal, o país conseguiu, precocemente, em comparação com outros, que os cidadãos adotassem, de forma massiva, carros elétricos. Em novembro, apenas 2,3% dos carros eram a gasolina, e 2,7% eram modelos a gasóleo. No total, foram 772 carros movidos a combustíveis fósseis.

Com estes novos resultados, a Noruega mostra-se cada vez mais perto do seu objetivo: em 2025, 100% das vendas de carros corresponderão a modelos elétricos. Aparentemente, os noruegueses estão cada vez menos interessados em adquirir um carro de combustão.

Durante o mês de novembro, a Noruega registou, 11.274 carros elétricos, dos quais 1.013 foram Tesla Model Y, 771 Tesla Model 3, 725 Volkswagen ID.4, 661 Audi Q4 e-tron, e 655 Nissan Leaf. Por sua vez, os modelos híbridos representaram 21,1%, ou seja, 3.288.

© Divulgação

Atualmente, considerando o estado da rede de carregamento, os benefícios associados à eletricidade, e o tipo de viagens que os cidadãos da Noruega tendem a fazer, as opções elétricas são, efetivamente, as mais vantajosas. Contudo, o caso do país escandinavo não pode ser refletido no mundo.

Afinal, é um país com uma poderosa capacidade económica, podendo incluir nas suas contas públicas o incentivo à compra de carros eletrificados. Conforme vimos aqui, se a tendência se mantiver como a conhecemos, o último carro novo a gasolina ou a diesel será vendido em abril de 2022.

© EnvatoElements

Mais do que os elétricos em terra, a Noruega quer ainda que todos os seus aviões sejam elétricos até 2040. Se os incentivos também se direcionarem nesse sentido, podemos, em breve, conhecer mudanças.

Fonte