Nesse sábado começa o Giro 2021

2020 foi completamente bagunçado pela pandemia, o que incluiu mudanças nas grandes corridas do ciclismo mundial. O Giro d’Itália, por exemplo, passou de maio para o final do ano. Mas, nesse ano, a prova no país da bota volta ao seu posto tradicional: abrir os Grand Tour da temporada. Começa amanhã, 08.05.21, em Torino, e termina em 30 de maio em Milão.

© Giro d’Itália

A rota

Somando 3.479 km em 21 etapas, essa edição vai percorrer principalmente caminhos do norte e centro da Itália. A primeira semana será cheia de obstáculos e a última terá duas etapas de duras montanhas. Falando em montanhas, serão sete dias delas. O ponto mais alto da competição será o Passo Pordoi, com 2.239 metros. O Giro também vai cruzar fronteiras, passando pela Eslovênia e Suíça.

© Giro d’Itália

Competidores

Será um Giro estrelado. O escalador nato Egan Bernal (INEOS Grenadiers) é um grande destaque dessa edição. Na equipe dele também estará o russo Pavel Sivakov; uma dupla que deve render.

Outros nomes que merecem respeito serão Mikel Landa (Bahrain Victorious), Alexander Vlasov (Astana-Premier Tech), Dan Martin (nação Start-Up de Israel), Hugh Carthy (EF Education-Nippo), Simon Yates (Team BikeExchange), João Almeida (Deceuninck-QuickStep), George Bennett (Jumbo-Visma), Vincenzo Nibali (Trek-Segafredo), Bauke Mollema (Trek-Segafredo), Jai Hindley (Equipe DSM), Emanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe), Pello Bilbao (Bahrain Victorious) e Marc Soler (Movistar). Além das disputas de sprints, que vão contar com nomes como Elia Viviani (Cofidis), Peter Sagan (Bora-Hansgrohe), Dylan Groenewegen (Jumbo-Visma), Caleb Ewan (Lotto Soudal), Tim Merlier (Alpecin-Fenix), Fernando Gaviria (Equipe dos Emirados Árabes Unidos), e Giacomo Nizzolo (Qhubeka Assos).

Etapas

  • Etapa 1 – 8 de maio – Turim – Turim (ITT) – 8 km
  • Etapa 2 – 9 de maio – Stupinigi – Novara – 173 km
  • Etapa 3 – 10 de maio – Biella – Canale – 187 km
  • Etapa 4 – 11 de maio – Piacenza – Sestola – 186 km
  • Etapa 5 – 12 de maio – Modena – Cattolica – 171 km
  • Etapa 6 – 13 de maio – Grotte di Frasassi – Ascoli Piceno – 150 km
  • Etapa 7 – 14 de maio – Notaresco – Termoli – 178 km
  • Etapa 8 – 15 de maio – Foggia – Guardia Sanframondi – 173 km
  • Etapa 9 – 16 de maio – Castel di Sangro – Campo Felice – 160 km
  • Etapa 10 – 17 de maio – L’Aquila – Foligno – 140 km
  • 18 de maio – Dia de descanso 1
  • Etapa 11 – 19 de maio – Perugia – Montalcino – 163 km
  • Etapa 12 – 20 de maio – Siena – Bagno di Romagna – 209 km
  • Etapa 13 – 21 de maio – Ravenna – Verona – 197 km
  • Etapa 14 – 22 de maio – Cittadella – Monte Zoncolan – 205 km
  • Etapa 15 – 23 de maio – Grado – Gorizia – 145 km
  • Etapa 16 – 24 de maio – Sacile – Cortina d’Ampezzo – 212 km
  • 25 de maio – Dia de descanso 2
  • Etapa 17 – 26 de maio – Canazei – Sega di Ala – 193 km
  • Etapa 18 – 27 de maio – Rovereto – Stradella – 228 km
  • Etapa 19 – 28 de maio – Abbiategrasso – Alpe di Mera – 178 km
  • Etapa 20 – 29 de maio – Verbania – Valle Spluga-Alpe Motta – 164 km
  • Etapa 21 – 30 de maio – Senago – Milão – 29,4 km (ITT)