Pandemia abre espaço para disputa no mercado de transmissão para bicicletas

O mercado mundial de componentes de transmissão para bicicletas se divide atualmente entre duas grandes empresas. A japonesa Shimano e a norte-americana Sram.

Entre lojistas independentes na Europa, por exemplo, 83% utilizam peças Shimano e 35% Sram. Os números giram ao redor dessa proporção em outros mercados e também para as peças vendidas diretamente aos fabricantes (OEM, na sigla em inglês).

A demanda está superaquecida e ainda pairam muitas incertezas para que sejam feitos investimentos de grande porte no aumento da capacidade produtiva. Assim, abre-se espaço para novos atores que prometem disputar mercado.

Na disputa com as maiores do setor, Box (com tradição em BMX) e TRP (do mesmo fabricante dos freios Tektro) investem em grupos para MTB. Já a FSA tem um foco maior nas speeds, mas com planos para desbravar as “todo terreno”. A briga promete.

O momento faz lembrar a chegada do MTB, e a grande reviravolta no mercado de componentes. A SunRace estava bem posicionada em um primeiro momento, mas logo perdeu relevância até chegarmos ao que temos hoje.

Leia mais sobre a disputa no mercado de transmissões de bicicleta: http://bit.ly/TransmissaoBicicleta

Essa notícia você lê primeiro na Bicicleta News, um resumo exclusivo com as principais notícias do mundo da bicicleta direto no seu celular. Para assinar, basta mandar uma mensagem para a Aliança Bike no +55 (11) 97114-0140

Link para mandar mensagem direto: http://bit.ly/Receba-Bicicleta-News

Parceria Revista Bicicleta / Aliança Bike