O Grupo “Pedal Só Delas” é mais um dos polinizadores que faz florescer, no Brasil inteiro, mais e mais adeptos da bicicleta. É na união e motivação promovidos por ele que mulheres de Pedro Leopoldo (MG) e região se redescobriram sobre suas bicicletas. E tudo o que elas querem agora é espalhar esta liberdade, autonomia e felicidade através de seus exemplos e ações em conjunto!

© Marcelo Matos

Como tantos outros grupos de ciclismo, o “Pedal Só Delas” foi criado em 05 de novembro de 2015 através de uma conversa em um post no Facebook. As amigas Aninha Castilho e Vivian Aires estavam sem pedalar e queriam um estímulo para retornar ao pedal; nascia assim o grupo feminino através do qual muitas mineiras de Pedro Leopoldo e região, assim como Aninha e Vivian, encontrariam o empurrãozinho que faltava para redescobrir a bicicleta e redescobrir-se através dela.

© Marcelo Matos

Gabriela Sales e Barbara Domingues, duas parceiras e amigas amantes da bike, resolveram refrescar a ideia e idealizaram o grupo no WhatsApp, onde o mesmo, desde então, só vem crescendo. Atualmente, são mais de 130 integrantes, com perfis diversos, desde iniciantes e pessoas que estão retornando ao pedal, até ciclistas que já participaram de competições e atletas de renome do ciclismo. Todas, com o mesmo propósito: união, amizade, solidariedade e incentivo.

© Marcelo Matos

Os objetivos do grupo são incentivar, motivar, promover a união e solidariedade entre as ciclistas, apoiar quem está iniciando no ciclismo, estimular a prática esportiva visando melhorar a qualidade de vida, bem-estar e emagrecimento.

© Marcelo Matos

Segundo Gabriela, “o grupo costuma fazer pedais nos fins de semana (sábado e domingo). Além disso, temos desafios de pedaladas durante o mês, com premiação para quem conseguir completar o desafio. Por exemplo, você escolhe a quilometragem e tenta cumprir a meta, conquistando assim um mimo da madrinha do desafio do mês. A responsável por organizar o desafio é Marcelle Malta, grande apoiadora do grupo. Temos também o dia da alegria no Lar de Idosos a cada semestre, um evento organizado por um grupo à parte nomeado como ‘solidarizar’. A maioria dos pedais são solidários, em que procuramos ajudar o Lar de Idosos e pessoas acamadas com produtos de higiene pessoal, fraldas e alimentos”.

© Marcelo Matos

As meninas também iniciaram um projeto batizado de Giro na Lagoa da Pampulha em Belo Horizonte. Organizado por Cynthia Guimarães e Débora Mota, juntamente com o apoio de Erica Denari, Marcelle Malta e Chris Fernandes, a iniciativa visa movimentar e divulgar o grupo na Lagoa da Pampulha toda terça às 7 h, quarta às 18 h e sábado às 8 h.

© Marcelo Matos

Para quem adere ao movimento do Pedal Só Delas, resultados positivos logo começam a aparecer. Como finaliza Gabriela, “muitas mulheres que começaram a pedalar por incentivo do grupo já emagreceram e estão bem mais felizes e de bem com a vida. Outras que eram acometidas por alguma patologia – artrose, artrite – venceram seus limites e estão pedalando e se superando com ousadia”.