Nascido em berço do mountain bike freeride, canadense também ultrapassou barreira do esporte para se tornar personagem em série

© Red Bull Content Pool

Pedalar nas montanhas? Pra ele, não é suficiente. Arriscar-se em drops a dezenas de metros de altura? Interessante, mas ainda não é ideal. Somar tudo isso com manobras estonteantes em alta velocidade? Agora, sim. Lenda do mountain bike estilo livre e primeiro tetracampeão do Red Bull Rampage, Brandon Semenuk fez história no deserto de Utah (EUA) com movimentos inéditos na 15ª edição do torneio. E quem olha ainda mais no detalhe, percebe que adrenalina e terra sempre fizeram parte do seu DNA.

Nascido no berço do MTB freeride, em Whistler (CAN), Semenuk respirou os ares radicais desde os primeiros dias. Logo na infância, por intermédio do irmão mais velho, ganhou uma bicicleta. E três anos depois, aos 9, já estava competindo no cross-country. Só que ainda faltava uma pitada de adrenalina para completar a sua paixão pelas duas rodas. E ela veio por volta dos 14 anos de idade, quando iniciou no freestyle.

Paixão às primeiras pedaladas, essa união entre adrenalina e bicicleta o alçaria aos maiores lugares do mundo. Seja em pódios ou montanhas. Em 2007 e 2008, faturou as medalhas de bronze no Red Bull Joyride. Também em 2008, ele levou o troféu no Red Bull Rampage com apenas 17 anos de idade. Na sequência, começou a colecionar e empilhar bons resultados nessas competições, assim como nos X-Games. 

Nesta temporada, aos 30 anos, chegou ao auge com o tetracampeonato do Red Bull Rampage. Após cair na primeira tentativa, ele tirou da cartola um ‘tailwhip off’ (espécie de salto, com giro da bicicleta no ar) em um drop bem alto para se tornar o primeiro atleta da história a executar esse movimento. Depois, emendou saltos, giros e até um backflip tailwhip para cravar 89 pontos, levantar a torcida e ficar no primeiro lugar do ranking, à frente de Kurt Sorge e Reed Boggs.

© Red Bull Content Pool

Emoção em duas e em quatro rodas também!

Há cerca de uma década, Semenuk alia o comando do guidão ao do volante. O atleta é piloto de rally e disputa provas do campeonato nacional da modalidade, tendo algumas vitórias bem interessantes no currículo. Em 2020, aliás, em parceria com Travis Pastrana, outra lenda dos esportes radicais, ele assinou com a Subaru Motorsports.

Por fim, quem acessa os perfis em redes sociais do canadense já deve ter reparado a sua paixão por fotografia e audiovisual. E isso o fez até a se tornar personagem na série Life Behind Bars, disponível gratuitamente na Red Bull TV por meio do link https://www.redbull.com/br-pt/shows/life-behind-bars . (QRcode)

Galeria