Estudo mostra que quem tem e-bike a utiliza mais que qualquer outro meio de transporte

Quem tem bicicleta elétrica a utiliza entre 17 e 49% mais do que qualquer outro meio de transporte e percorre quatro vezes mais quilômetros do que uma bicicleta convencional. Isso, pelo menos, é confirmado por um estudo norueguês realizado por Aslak Fyhri e Hanne Beate Sundfør intitulado “As pessoas que compram bicicletas elétricas andam mais de bicicleta?”.

© TREK

Os autores analisaram os hábitos de ciclismo dos entrevistados comparando três grupos. O primeiro havia comprado uma bicicleta elétrica, outro grupo estava pensando em comprar uma e, finalmente, um grupo de proprietários de bicicletas convencionais. Todos cidadãos de Oslo. Se tivessem uma e-bike, aumentavam de 2 para quase 10 quilômetros em média por dia (ou seja, entre 17 e 49% de aumento) nas suas deslocações diárias de bicicleta. Aqueles que estavam pensando em comprar uma bicicleta elétrica e aqueles que tinham uma bicicleta convencional não aumentaram seus hábitos de ciclismo durante o estudo. Outro dos resultados interessantes é que os usuários de bicicletas pedal assistidas não permaneceram na novidade, mas sim mantiveram seus hábitos de quilômetros e uso ao longo do tempo, tornando-se assim um aumento na distribuição modal real.

Não é o primeiro estudo nesse sentido, embora seja o que apresenta as conclusões mais claras. Houve um estudo anterior, de 2015, com algumas conclusões interessantes sobre novos usuários de bicicletas em geral, não apenas elétricas. Várias pessoas começaram a se deslocar de bicicleta, algumas elétricas e outras convencionais. Adivinha quem manteve seus hábitos de ciclismo ao longo do tempo? Sim, aqueles que tinham uma bicicleta elétrica.

Não há dúvida de que quem opta por uma bicicleta elétrica acaba internalizando-a com tanta normalidade que a utiliza para qualquer viagem.

Fonte