Sistema da Bosch impede travamento das rodas e dosa a frenagem de acordo com as situações

© Bosch

A alemã Bosch decidiu adaptar soluções usadas em automóveis para as bicicletas elétricas quando se trata de frenagem. Seu novo sistema é simples, monitorando a velocidade das rodas e dosando a frenagem seguindo objetivos diferentes.

O principal deles, claro, é a função básica do ABS: evitar que as rodas travem, diminuindo a distância necessária de parada. Isso ocorre através da dosagem dos freios hidráulicos da bike, que também são ligados ao sistema. Quando os pneus travam, e o ciclista se desequilibra, o próprio atuador escolhe a pressão feita pelos freios.

O eBike ABS também inclui sensores na roda de trás. Assim, a frenagem dianteira também leva em conta um eventual “grau ao contrário” dado pelo ciclista.

Além disso, a Bosch criou quatro modos de atuação do ABS:

© Bosch
  • O Cargo, feito para quem leva bebês, mochilas de delivery ou outros objetos pesados de carona; como a inércia é maior nesses casos, o ABS funciona mais sutilmente, evitando perda de controle;
  • O Touring, o mais simples e eficiente, que é feito para deslocamentos a sós em trechos urbanos. Nele, a preocupação com o levantamento da roda traseira é maior, então a frenagem é menos agressiva;
  • O Allroad é para pavimentos de cascalho e vias de qualidade ruim;
  • O Trail foi desenvolvido para trilhas, focando no equilíbrio do ciclista e usando os sensores ao máximo para detectar variações bruscas no pavimento.

Para adquirir o eBike ABS, é preciso procurar bicicletas elétricas que saiam de fábrica com o recurso, como as da Magura. Segundo a Bosch, o sistema não pode ser instalado em bicicleta elétricas usadas.

Fonte