Por que um leão?

Tão icônico e cheio de detalhes é, sem dúvida, o Tour de France. E cada detalhe tem sua razão de ser. Por exemplo, quando os vencedores e os líderes das diferentes classificações sobem ao pódio, o ritual tem alguns pormenores interessantes e históricos, como a entrega de um leão empalhado ao camisa amarela. 

Sabe por quê?

© A.S.O.

O Leão Tour de France

Tem coisas que, de tanto ver, a gente não questiona de onde vem ou que significa. 

E a questão do Leão e, na verdade, puramente comercial. O símbolo do leão não é o símbolo do Tour de France ou do país, mas sim do banco Crédit Lyonnais (atual LCL), que patrocina a camisa amarela desde 1981. O leão é a imagem deste banco e foi introduzido alguns anos mais tarde.

Em 1987, este patrocinador decidiu incluir o seu logótipo na ronda de gala, e achou que uma boa forma de o fazer era dar ao camisa amarela um pequeno peluche de seu própria mascote, um leão.

E foi assim que este lindo bichinho de pelúcia foi criado. E o primeiro a recebê-lo naquele ano foi Stephen Roche. O próprio corredor irlandês acabaria levando aquele Tour à frente de Perico Delgado.

© A.S.O.

O Tour de France e o banco

E é claro, o banco Crédit Lyonnais também tem sua razão de ser, pois sua origem está na cidade francesa de Lyon. Então o bicho de pelúcia também tem sua origem geográfica, que é Lyon. Agora, é entregue aos vencedores na Champs-Elysées e parece ter apenas aquela aura comercial de patrocínio, mas o fato de ter se tornado um símbolo de vitória acabou se tornando um grande sucesso de marketing.

© A.S.O.

Exclusividade

O charmoso leão do Tour, feito de algodão, paira nas vitrines dos melhores ciclistas da história e dos clubes de maior sucesso do circuito. É verdade que muitos outros colecionadores conseguiram um leão, mas são réplicas, pois nem a organização do Tour de France nem o próprio banco vendem o bicho de pelúcia além desta unidade para o vencedor. E, embora tenha se tornado um símbolo muito reconhecível, também é verdade que não é o único lugar onde um ciclista vitorioso ganha um leão. Em Paris-Nice o costume também é seguido.

Fonte