Atleta de Poços de Caldas (MG) já esteve em Londres (2012) e Rio (2016) e busca, desta vez, etapa em que estreia nesta quarta-feira (28) em Tóquio

O ciclista Renato Rezende estreia nas Olimpíadas de Tóquio nesta quarta-feira (28), às 22h (de Brasília), nas quartas-de-final da corrida BMX. Aos 30 anos, o atleta de Poços de Caldas (MG) vai para o terceiro Jogos Olímpicos. Ele já esteve em Londres (2012) e Rio (2016) e deixou a competição exatamente na fase que faz a primeira prova no Japão.

Renato Rezende tenta superar quartas-de-final na 3ª Olimpíada da carreira — Foto: Acervo pessoal Renato Rezende / Maximiliano Blanco

Renato foi o primeiro ciclista a representar o Brasil na modalidade em uma Olímpiada. Em 2012, ele sofreu uma queda nas quartas-de-final e lesionou o ombro, em Londres. Em 2016, no Rio, ele foi eliminado na mesma fase.

Em solo japonês, Renato Rezende tem treinado e realizado atividades para chegar pronto para o dia decisivo e para superar as etapas de eliminação das outras vezes em que esteve nas Olimpíadas.

As atividades são atualizadas por ele mesmo em seu perfil oficial em uma rede social. No dia a dia do atleta estão treinos de academia, de ciclismo, de fisioterapia e tour pela pista em que vai estrear.

Renato Rezende, do ciclismo BMX, montou própria pista para treinamentos em Poços de Caldas (MG) — Foto: Reprodução/EPTV

No início da pandemia, Renato Rezende estava em Poços de Caldas e treinou em uma pista montada no quintal da casa dele. Ter o local para treinamento no quintal era um sonho do atleta.

Depois disso, já em meio à pandemia, ele foi para os Estados Unidos com o retorno das competições da modalidade. Ele ficou nos EUA em treinamento até a última semana, quando foi para Tóquio para as Olimpíadas.

O sul-mineiro já foi bronze nos Jogos Sul-Americanos de Medellin (2010), campeão mundial Elite Cruiser (2010), Ouro BMX e Prata Trial nos Jogos Sul-Americanos de Santiago (2014) e bicampeão pan-americano (2014 e 2015).