“Quem anda de bicicleta regularmente poupa muitas visitas ao médico. Muitas pessoas com problemas de dores nas costas, excesso de peso ou doenças cardiovasculares, podiam desfrutar de muitos anos de boa saúde se usassem a bicicleta mais vezes”, diz um relatório publicado pela Universidade Alemã de Esporte.

Pedalar não tem apenas a vantagem de tonificar as coxas e glúteos. O ciclismo estimula os pequenos músculos das vértebras dorsais, fazendo com que eles se estendam e comprimam constantemente — assim se explica como esse esporte previne as dores nas costas. E pode também ser um excelente antidepressivo.

No entanto, para ver resultados, não comece a pedalar de repente. É necessário começar com percursos mais curtos e ir aumentando gradualmente o tempo de treino. E, claro, realizar alongamentos nas zonas que vão estar mais ativas durante o passeio de bicicleta.

O mesmo estudo alemão diz que 50 minutos são suficientes para acelerar o metabolismo e, consequentemente, queimar mais calorias do que seria esperado. Uma hora é suficiente para controlar ou perder peso. O ideal seria mesmo arranjar, pelo menos, três horas por semana para andar de bicicleta.

Pedalar na rua não será uma boa escolha. Nestes casos, a melhor opção é uma bicicleta estática de ginásio. Porém, para obter mais resultados, deve utilizar as bicicletas de spinning ou cycling. É com elas que você irá sentir mais esforço de pernas e até cardiovascular, já que é possível fazer sprints ou subidas pedalando em pé. Todos estes pormenores contribuem para que perca mais peso, mas não só.

Com estas bicicletas também é possível trabalhar mais a zona abdominal, lombar e os braços. Consequentemente, queimam-se mais calorias.

No entanto, para isso acontecer, é importante cumprir algumas regras essenciais. A primeira é pedalar, pelo menos, 30 minutos e ir intercalando com os dias da semana. Ou seja, treine num dia, descanse no seguinte. E assim sucessivamente. Se é um principiante, comece com cargas mínimas e vá aumentando o peso gradualmente. Isso também se aplica à duração do treino. Comece por pedalar cinco minutos e no dia seguinte aumente para 10 — até conseguir chegar aos tais 30 minutos. Em uma boa intensidade, pode-se começar a perder calorias em 30 a 45 minutos de treino.

Pedalar em pé é algo muito bom. Provavelmente, isso vai aumentar o volume dos gêmeos, quadríceps e isquiotibiais (os três músculos localizados na região posterior da coxa). Se fizer subidas e se pedalar em pé, você vai conseguir tonificar mais depressa essa zona do corpo.

Texto: Andreia Guerreiro

© Scott

Fonte da matéria