Valeo, a gigante francesa também entra no mercado de motores de bicicletas elétricas

2020 viu o boom da bicicleta. E da bicicleta elétrica também. Assim, o aumento nas vendas de e-bikes tem atraído cada vez mais fornecedores automotivos para a indústria. O mais recente é a francesa Valeo, que viu um aumento nas vendas de bicicletas elétricas em seu mercado doméstico. A empresa adaptou seus motores 48V para as e-bikes.

O CEO da Valeo, Jacques Aschenbroich, comentou: “Um dos nossos principais focos estratégicos é acelerar a expansão nos mercados emergentes para uma nova mobilidade de ’emissões zero’. Isso inclui e-bikes, mas também outras categorias, como pequenos veículos elétricos urbanos, motocicletas elétricas e scooters. Estamos aproveitando e adaptando plataformas automotivas dedicadas a ADAS (sistemas avançados de assistência ao motorista) e à eletrificação de baixa tensão (48V).”

© Divulgação Valeo

O Valeo System integra um motor elétrico e uma transmissão automática adaptável. Com este novo sistema de assistência elétrica, a e-bike se adapta ao ciclista automaticamente. As marchas mudam automaticamente e os algoritmos do sistema se adaptam instantaneamente à quantidade de assistência elétrica desde o primeiro pedal. Os sistemas de tração e-bike 48V são os próximos da linha que a Valeo desenvolveu para carros híbridos, carros híbridos recarregáveis, carros totalmente elétricos, e-trucks, ônibus autônomos, veículos elétricos de três rodas e droides de entrega.

A Valeo desenvolveu a caixa de câmbio adaptativa de 7 velocidades integrada em parceria com a Effigear, conhecida na indústria de e-bike como ex-parceira de desenvolvimento dos sistemas de e-bike da Mubea. Tudo integrado em uma unidade, o motor de torque de 130 Nm multiplica a potência do pedal do ciclista.

Usada em uma bicicleta de carga, a assistência elétrica da Valeo permite que um ciclista carregando uma carga de 150 kg suba uma inclinação de 14% sem muito esforço, seja avançando ou dando ré. De acordo com a Valeo, seu motor elétrico também é mais eficiente do que os motores de 24 V ou 36 V instalados na grande maioria das e-bikes disponíveis hoje.

No mercado doméstico da Valeo, na França, a e-bike representa 15% do volume de vendas e 45% do valor. No mês seguinte ao fim do primeiro bloqueio na França, o tráfego de bicicletas aumentou 32% em todo o país e 72% em Paris em comparação com o mesmo período de 2019, de acordo com a rede Vélo & Territoires. Motivo suficiente para este fornecedor automotivo entrar no mercado de motores de e-bike. Em 2019, o Grupo Valeo gerou vendas de € 19,5 bilhões e investiu 13% de suas vendas de equipamentos originais em P&D. A Valeo opera 189 fábricas, 20 centros de pesquisa, 43 centros de desenvolvimento e 15 plataformas de distribuição e empregou 109.000 pessoas em 33 países em todo o mundo.

© Divulgação Valeo