Um laboratório sueco testou 27 capacetes de ciclismo, e concluiu que aqueles que oferecem proteção contra lesões por rotação são os mais seguros do mercado. Essa tecnologia inclui o MIPS e o WaveCel da Bontrager.

Oito dos 27 capacetes receberam a classificação 4, a mais alta no teste, realizado pelos Institutos de Pesquisa da Suécia.

(Foto: Divulgação)

Esta pesquisa respalda as conclusões do estudo. Sistemas projetados para dissipar melhor as forças rotacionais em um capacete, durante um acidente, transmitem menos força à cabeça do piloto e, portanto, apresentam melhor desempenho nos testes.

O vencedor geral deste teste foi o capacete Hövding 3, que possui um airbag integrado – algo que obviamente não está presente em capacetes de ciclismo mais ‘normais’.

(Ben Delaney / Mídia Imediata)

A tecnologia MIPS (a parte amarela) permite que a cabeça se mova um pouco dentro do capacete em caso de impacto. 

O teste sueco foi organizado pela companhia de seguros Folksam e foi financiado pelo Road Safety Trust, sediado no Reino Unido.

Os capacetes foram submetidos a cinco testes, incluindo um teste de absorção de choques (queda de uma altura de 1,5 m, com dois pontos de impacto diferentes testados) e três testes de ângulo oblíquo, em que os capacetes foram lançados contra uma bigorna angular com lixa acoplada para simular o atrito com a pista.

As simulações por computador calcularam acelerações de translação e rotação. Cada capacete recebeu uma pontuação em relação aos resultados médios (medianos) dos testes em todos os capacetes. Os resultados dos testes oblíquos receberam uma ponderação mais alta, porque são esses impactos que tendem a levar a mais lesões cerebrais.

O Hövding 3 pontuou mais alto e teve um desempenho 76% melhor que a média. 

Veja o vídeo; https://hovding.com/

O procedimento do teste completo e a lista de capacetes (em inglês) estão nesse link https://static1.squarespace.com/static/5d0a03b295f37b00018da721/t/5ed69dd223ccb508fbc5c34f/1591123417043/Bicycle+Helmets+2020+Report+FINAL+MAY+2020.pdf.

Texto: Tom Marvin

Fonte da matéria