O trajeto de aproximadamente 35 quilômetros corta as montanhas da serra da Mantiqueira no interior paulista, passando também por um pequeno trecho do estado de Minas Gerais, na cidade de Sapucaí Mirim. Subidas e descidas se alternam a todo instante.

Escondida na Serra da Mantiqueira, a cidade de Santo Antônio do Pinhal – SP é o ponto de início da pedalada a 1.143 metros acima do nível do mar. É uma Estância Climática e começou a ser conhecida por suas águas puras e de propriedades medicinais. Muitos creem que as águas das fontes da cidade, principalmente da fonte Santo Antônio, trazem a realização dos seus pedidos.

É um refúgio perfeito para quem quer conviver em harmonia com a natureza. Localizada ao lado de Campos do Jordão, ela tem atrações para casais, famílias e praticantes de esportes radicais. Todas cercadas pelas belas paisagens do meio ambiente. Pode-se considerar um novo endereço de turismo na Serra da Mantiqueira, oferecendo estrutura de hospedagem do mais simples ao mais luxuoso, em todas as estações do ano. Na temporada de inverno, a cidade oferece o festival de inverno, feira do artesanato regional (feirart), festa da orquídea, festival de jazz e uma infinidade de atrações envolvendo cada visitante com aconchego e charme na montanha.

© Paulo de Tarso

As cachoeiras, os mirantes e as lojas de artesanato são algumas das atrações do município. O Jardim das Pinhas é outro ponto muito visitado na cidade e que você vai adorar conhecer. As variadas flores, de diferentes cores e formas, estão espalhadas por este lugar com mais de um quilômetro de extensão. 

De lá, o caminho segue em meio às estradinhas de terra, passando pela pequena cidade mineira de Sapucaí Mirim e depois pelo antigo caminho da fé, onde após muita subida e descida a rota termina em São Bento do Sapucaí. Esta cidade é também uma região de natureza privilegiada, possui rios, cachoeiras, montanhas e muito verde convivendo em perfeita harmonia. Artesanato, manifestações culturais riquíssimas, festas religiosas, Banda Municipal, Bonecões que se apresentam durante o carnaval e Fanfarra Municipal são características que compõem a alma do município.

© Paulo de Tarso

Sua topografia montanhosa e farta vegetação proporcionam um clima ameno e saudável, tornando a cidade conhecida como “A Estância da Aventura”, pois propicia a prática de uma série de esportes radicais. Pedra do Baú, cachoeiras, voo livre, escalada em rocha, mountain bike, off road, motocross, pesca, trekking, cavalgada, rapel, tirolesa, enquanto sua coragem e disposição permitirem, as atividades a serem praticadas são as mais diversas. De simples caminhadas até as escaladas, há emoções para todos os gostos.

Onde ficar e onde comer: A dica é se hospedar na Pousada do Quilombo e se deliciar com a vista de frente para a Pedra do Baú, e também saborear a deliciosa gastronomia do Restaurante Tricheira, no mesmo local.

Quem leva: O Sampa Bikers organiza anualmente essa rota. Mais informações de como participar no site www.sampabikers.com.br.