fbpx
Início BMX 30 curiosidades sobre o BMX que valem a pena conhecer

30 curiosidades sobre o BMX que valem a pena conhecer

30 curiosidades sobre o BMX que valem a pena conhecer

Se você é amante de esportes radicais, mais especificamente de BMX, o conteúdo deste post foi feito especialmente para você.

A era BMX teve início no ano de 1970 como uma alternativa barata e fácil de MotoCross, esporte popular na época que motivou jovens do sul da Califórnia a modificarem suas bikes para deixá-las mais leves e versáteis. O principal objetivo era que fossem facilmente de ser usadas tanto no ambiente urbano quanto em pistas de terra.

© Juan Cifuentes / Pexels

Desde o seu surgimento, o BMX carrega inúmeros fatos, curiosidades e mitos que vale a pena serem discutidos.

Por isso, listamos aqui as principais curiosidades sobre o BMX que você, como admirador do esporte, precisa conhecer hoje mesmo.

30 fatos sobre o BMX que valem a pena conhecer

  1. BMX é a abreviação, ou sigla, para “Bicycle MotoCross” ou “Bike MotoCross”
  2. O BMX se divide em duas modalidades: BMX Racing (corrida) e BMX Freestyle (Manobras)
  3. A prática de BMX é uma ótima forma de exercício
  4. Ele pode ser praticado on-road ou off-road
  5. O esporte começou no final dos anos 1960 na Califórnia, na época em que o motocross se tornou um esporte popular nos EUA
  6. O BMX foi oficialmente reconhecido como um Esporte Olímpico e sua estreia aconteceu nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008
  7. A típica pista de corrida de BMX mede 900 a 1100 pés de comprimento e os pilotos podem andar tão rápido quanto 15 a 35 km/h
  8. A primeira bicicleta de BMX foi batizada de Sting Ray
  9. Praticar BMX sem freio na bike é a pior coisa que você pode fazer
  10.  As bicicletas de estilo livre e manobras nunca devem ser usadas na terra
  11.  As bicicletas de salto e corrida nunca devem ter pinos instalados
  12. Footpegs são para realizar manobras e não para transportar passageiros
  13.  Os quadros de BMX são medidos pelo tubo superior e não pelo tubo do assento. Elas podem ser dos tamanhos: júnior, padrão, XL ou XXL, mas essas etiquetas podem não significar muito para as medições reais
  14. Todo piloto profissional usa capacete quando está em sua bike, mesmo quando está fora do curso
  15. Quem popularizou o BMX Freestyle foi Bob Haro, fundador da empresa Haro Bikes
  16.  As corridas de BMX acontecem em alta velocidade e não duram mais de 25 a 40 segundos, com um máximo de 8 pilotos competindo entre si por vez.
  17. O guidão da BMX deve ser ajustado de modo que fique perpendicular ao solo ou alinhado com o garfo. Empurrar as barras para frente pode ser perigoso
  18.  Os selins de BMX geralmente não são usados ​​para sentar, mas sim para ajudar a manter o equilíbrio
  19.  Lojas de departamento comuns NÃO vendem bicicletas BMX. Não se engane pelas aparências
  20.  Bicicletas BMX de alta qualidade podem custar facilmente tanto quanto uma bicicleta de estrada premium
  21.  Flatland é o nome dado ao estilo de manobras em um espaço plano
  22.  As bicicletas de BMX têm assentos de plástico muito básicos que não podem ser confortáveis, pois elas são fabricadas para serem montadas em pé 
  23.  As bikes da modalidade Park são muito leves e sem melhorias estruturais
  24.  Bikes de Dirt são conhecidas por possuírem pneus mais largos que têm maior aderência com a superfície de terra e lama
  25.  As bikes de Race têm freios aprimorados e roda dentada dianteira maior para alcançar velocidades mais altas
  26.  As bikes, geralmente, possuem rodas de 20 polegadas e contam com apenas uma marcha
  27.  O ciclismo BMX hoje é uma grande indústria e está se tornando mais popular a cada ano
  28. Os pilotos de BMX obrigatoriamente devem usar capacete, camisa de manga comprida e calça
  29. A marca não indica a qualidade de uma BMX
  30.  As bikes de manobra são supostamente mais pesadas que as bikes de corrida

Fonte